Carta Aberta – Ademir Humberto

Londrina, 29 de maio de 2018.

Caríssimos irmãos Coordenadores(as)/Servos(as)

O pecado é o motivo de tua tristeza. Deixa que a santidade seja o motivo de tua alegria

Santo Agostinho

Quando respondemos o nosso sim a Jesus e nos oferecemos livremente ao chamado, como instrumento em suas mãos, ficamos a mercê de Sua santa vontade e, por isso, Ele nos conduz por caminhos novos. Não sabemos nada dos detalhes desses novos caminhos e das paisagens que encontraremos no futuro. Temos apenas a confiança que Aquele que nos chamou pelo nome é quem toma-nos pela mão – Ele que é o Caminho, a Verdade e a Vida que nos conduz a um novo horizonte onde juntos podemos declarar a grandeza do Senhor: Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus, o Dominador, o que é, o que era e o que deve voltar.(cf Ap 4,8)

Irmãos, foi na Arquidiocese de Londrina que descobri minha vocação como servo. Foi nesse solo sagrado que aprendi amar a Igreja de Cristo, por meio da poderosa ação do Espírito Santo, meu Tudo! As experiências mais preponderantes em minha vida durante os momentos carismáticos (grupos de oração, cenáculos, retiros etc) foram promovidos por essa arquidiocese. Sou profundamente grato a Deus por ter me chamado aqui nessa arquidiocese, pela qual me empenhei durante anos, seja como coordenador diocesano da pregação, coordenador do decanato de Rolândia e do Grupo de Oração Luz do Mundo de Jaguapitã. Quanta gratidão por tudo o que o que Deus realizou neste tempo. Mas um novo tempo se inaugura, tempo este onde o Senhor nos pede um comprometimento maior, uma Igreja em saída, em missão e para isso é necessário uma convicção maior pela busca da vida de santidade.

A vossa dedicação, servos e amigos de Deus, em preservar a identidade carismática muito me faz feliz. Tendes preservado os elementos distintivos da identidade do Movimento em vossos Grupos de Oração e isso tem se tornado garantia da verdadeira carismaticidade. Não podemos recusar a graça do batismo no Espírito Santo. É essa presença nova e o transbordamento do Espírito que nos capacitam para viver a perfeição evangélica e o serviço ministerial a nós confiado. Contem sempre com esse precioso dom, o batismo no Espírito Santo, e deixem-se conduzir pelo Espírito em todas as vossas ações. Não se fechem aos carismas dados por Ele e queiram contar com essas graças especiais, instrumentos extraordinários que tornam nossa missão

eficaz. Sobretudo, irmãos, esforcem-se para viver fraternalmente. O amor fraterno é sinal objetivo da presença do Espirito em nossa vida. O amor é o elemento distintivo de nossa experiência de Deus. Busque ainda mais a intimidade com a palavra de Deus e a vida de oração pessoal.

Irmãos e irmãs da RCC LONDRINA, o testemunho de vossa fidelidade tem se propagado dentro da RCC de nosso Estado e também em muitos lugares de nosso país. O acolhimento das moções proféticas e dos projetos nacionais e estaduais, e o esforço por manter a fidelidade a nossa identidade tem ressoado como exemplo a ser seguido. O vosso testemunho tem glorificado a Deus e animado outros a viver na fidelidade.

Queridos, o fruto de vossa fidelidade na oração gera conversões e salvação de almas, por isso peço a todos a fidelidade no pouco, no seu terço diário, na meditação dos salmos, no magnificat e na armadura do cristão.

Aos novos coordenadores me dirijo que tenhamos a consciência que, antes de sermos coordenadores, somos servos. Por isso a necessidade de servimos com alegria, a coordenação não é status, fomos eleitos por Jesus, ele no coroou, mas precisamos depor nossas coroas diante do trono e deixar que Ele reine.

Irmãos da RCC Londrina, sobretudo líderes e servos nos grupos de oração, convido-os a manter a unidade com nossa Arquidiocese. Lembrem-se que vossa diocesaneidade é um dom do Espírito Santo, que não cerceia vossa identidade, expressemos nosso testemunho de unidade com a Igreja particular de Londrina e as outras identidades e carismas presente neste lindo jardim que é nossa amada Mãe Igreja.

Não vos deixeis seduzir pela tentação do isolamento. “Aquele que caminha sozinho dilacera o Corpo de Cristo!” (D. Francisco M. Vieira)Esforcem-se, portanto, para viver “em tudo” na unidade com osdirecionamentos e encaminhamentos arquidiocesanos. A vossa obediência participativa será fonte de bênçãos para vossos grupos de oração, sobretudo, para cada um de vocês em vossa vida pessoal. Viver sob a graça da obediência é manter continuamente aberta as portas do céu, de onde derrama- se toda espécie de bênçãos.

Rezem por aqueles que foram constituídos por Deus em autoridade e que hoje conduzem esse Movimento na arquidiocese. Unam-se a eles em todas as coisas a fim de que, ao final, Deus seja glorificado em tudo.

Coloquem em vossas orações a vida e ministério episcopal do nosso Arcebispo Dom Geremias Steinmetz e ministério sacerdotal do Pe. Marcelo Gomes, diretor espiritual e assessor eclesiástico da RCC LONDRINA para que em unidade com a Igreja possamos ver realizadas as profecias de Deus em nossa arquidiocese em nosso amado movimento eclesial.

Que Deus conceda a ambos a graça da perseverança e da santidade. Rezem também por mim para que eu consiga cumprir com fidelidade e sob o poder do Espírito a este ministério que Deus me confiou.

Que Cristo o Bom Pastor nos conduza neste novo tempo! E creiamos que o Imaculado Coração triunfará!
Veni Creator Spiritus
Um grande abraço e ósculo santo!

Ademir Humberto de Lima Rissi Coordenador da RCC

Arquidiocese de Londrina

Mostrar Tags dos Posts
Ajude-nos a Evangelizar.

Esta é uma loja de demonstração para fins de teste - As compras realizadas não são válidas. Dispensar